Parceria promove avanços na área de recursos humanos na APAE Batatais

O sucesso das empresas depende, entre outros fatores, de como elas gerenciam e investem no capital humano. Pensando em formas de desenvolver a gestão de pessoas e, por consequência, da própria instituição com clareza, foco e critério, foi que a APAE Batatais iniciou, há um ano, uma parceria com a empresa Support Assessoria Empresarial de Ribeirão Preto (SP).

O trabalho voluntário executado pela empresa visa consultoria nas áreas de auditoria trabalhista e rotinas da administração de pessoal; treinamento E-Social; desenho de fluxo e processo de trabalho (gestão da qualidade); criação de indicadores de desempenho e monitoração das áreas.

Segundo José Armando Calderaro, diretor da Support, já é possível listar alguns avanços da parceria com a APAE Batatais. Está em fase final de estudo, pela direção da entidade, o Regulamento Interno dos Colaboradores, que possui regras e condutas que o colaborador deve seguir no dia a dia.

Além disso, alguns formulários e instruções de procedimentos foram e ainda serão implantados para uma melhor gestão do departamento de recursos humanos. “Esses procedimentos estão dando à instituição uma maior segurança, mobilidade e agilidade em suas rotinas e procedimentos melhorando, sensivelmente, não só o resultado da área de RH, mas de toda a APAE”, afirma Calderaro.

Entre as próximas metas a serem cumpridas, a médio prazo, está o encerramento dos Procedimentos Operacionais Padrão (POP), da Instrução Operativa e dos Fluxos de Trabalho para todas as áreas. A longo prazo, está previsto o trabalho de conscientização de melhoria contínua em processos e atividades da APAE.

Para Rose Pegorin, coordenadora administrativa da APAE Batatais, a parceria tem promovido avanços essenciais na gestão da organização, impactando diretamente na qualidade do serviço prestado aos usuários. “Esperamos, cada vez mais, aprimorar o gerenciamento de recursos humanos, de fluxos e processos de trabalhos de forma a contribuir para o futuro da instituição”, anseia Rose.

Apesar da crise econômica e financeira, que gera certa instabilidade na relação empresa-colaboradores, Calderaro acredita que a melhor saída é sempre o investimento em capital humano para manter a produtividade e os resultados operacionais e financeiros. “Hoje todas as empresas procuram fazer cada vez mais com menos e com qualidade, e isso exige não somente normas e procedimentos adequados e transparentes, mas, principalmente, colaboradores qualificados e constantemente capacitados para exercer melhor suas funções. Dessa maneira, não se pensa em desonerar no sentido de demitir e reduzir quadros, mas sim manter pessoas qualificadas e motivadas que trarão produtividade e resultados operacionais e financeiros para a empresa, e com esses resultados, mesmo em tempos de crise, mantemos as duas partes em sintonia e coesas”, conclui o consultor.

Fonte: http://apaebatatais.org.br